As teclas e os teclados

 

 

Num ano em que se celebra o nascimento e a obra de um grande mestre, Beethoven, partimos para uma nova descoberta no mundo da Música, desta feita com o tema “As teclas e os teclados”. Se é verdade que o Festival é consagrado ao instrumento rei por excelência, não tem ignorado que a música é um Universo e, como tal, um espaço infinito de possibilidades. São já sete anos a desafiar a criatividade de demonstrar que partindo do órgão se podem percorrer as mais variadas estéticas artística.

Porventura, pode-nos ser desconhecido que no reino dos instrumentos musicais existem vários em que a arte e a inspiração humana passa para a forma de som por um teclado, por um conjunto de teclas. Teclados que, ao longo de mais de dois milénios, foram utilizados por génios criadores para construir novos instrumentos e, por inspirados compositores, para desenhar linhas de harmonia. Uns mais conhecidos, como o Piano e o Cravo, outros porventura menos, como a Celesta, o Virginal ou o Clavicórdio. Alguns deles darão voz à sétima edição do Festival.

Com o mestre de Bona por companhia, que chegou a ser organista, era exímio tangedor de cravo e apaixonou-se pela expressividade do piano, partimos para mais uma viagem ao mundo da Música.

Dê-nos a honra da sua companhia!

José Rodrigues
diretor artístico

 

01_CARTAZ_21x31cm_net2.jpg

Cartaz 2019

PRÉMIO INTERNACIONAL DE

COMPOSIÇÃO PEDRO DE ARAÚJO

REGULAMENTO 

CANCELADA II EDIÇÃO

logo4.jpg
gif-seta.gif